8 Junho, 2022

A Pfizer pediu a um tribunal dos EUA que lançasse um processo judicial contra um denunciante com base no facto de a empresa não poder ser culpada de fraude, abuso, e violações de protocolo nos seus ensaios clínicos de vacinas COVID porque o seu contrato com o governo dos EUA lhes permitia contornar regulamentos e leis federais que normalmente se aplicam a contratos governamentais.