30 Abril, 2022

Um estudo dos dados encontrados no sistema de Vaccine Adverse Event Reporting dos EUA revelou que por número de doses administradas as injecções Covid-19 são pelo menos 16 vezes / 1,517% mais susceptíveis de causar um aborto espontâneo a uma mulher grávida do que a vacina contra a gripe.