14 Abril, 2022

A 18 de abril de 2020, Graça Freitas tentava esclarecer o facto de uma “morte Covid” não corresponder necessariamente a uma morte provocada pelo vírus.